sexta-feira, 15 de março de 2019

Revistas que faltam no blog

Depois de receber algumas edições que faltavam e atualizar a lista, descobri que tem algumas edições da Saber Eletrônica que também estão faltando, abaixo a lista atualizada das revistas que faltam no blog, se alguém tiver e puder me enviar eu agradeço.

Eletrônica Total Fora de série núm. 04
Rádio e Eletrônica núm. 03
Saber Eletrônica núm. 84, 85, 145, 147, 176, 177, 178, 184, 187, 192, 196, 198, 222, 224, 225, 230, 238, 245, 254, 255, 256, 257, 351, 380, 383, 384, 390, 403


quarta-feira, 13 de março de 2019

Aniversário do blog - 10 anos

Nesse mês o blog faz dez anos, depois de tantos períodos conturbados eu nunca imaginei chegar tão longe com o blog.

Tudo começou justamente porque eu queria achar as revistas Nova Eletrônica em pdf, na internet, para completar minha coleção, dai entrei em um grupo no yahoo, de eletrônica, chamado Nova Eletrônica para tentar conseguir algumas edições.

Naquele tempo ninguém tinha pensado em digitalizar as revistas e alguns integrantes do grupo tinham a coleção completa em papel, mas não queriam digitalizar, só alguns números em pdf que eu consegui achar no grupo, mas ainda faltavam muitos números.

Foi aí que eu pensei em começar a digitalizar a minha coleção e compartilhar no grupo, o problema era que se eu continuasse a compartilhar só no grupo, poucas pessoas teriam acesso às revistas, então resolvi criar o blog para compartilhar as revistas e depois, com o tempo, minhas montagens.

Naquela época existiam muitos blogs de eletrônica, mas os conteúdos sempre eram os mesmos, um copiava do outro e enchiam o blog com propagandas. Eu percebi que quase não se via revistas em pdf nos blog, quando achava algumas edições eram sempre as mesmas e ninguém se preocupava em digitalizar novas edições para disponibilizar nos blogs.

Também percebi que naquela época os sebos onde eu comprava algumas revistas, estava cada dia com menos revistas e ao conversar com os donos das sebos eles falavam que não estavam comprando mais revistas de eletrônica porque não tinha muita procura, foi aí que percebi que eu deveria fazer algo para que as revistas não sumissem, então eu comecei a postar todas as revistas que conseguia comprar e digitalizar e nesse meio tempo, começaram a aparecer as contribuições.

As revistas Nova Eletrônica foi a primeira coleção que consegui completar e tudo começou com um pequeno lote de umas duzentas revistas que eu tinha acumulado, hoje estou com mais de mil edições em pdf de revistas nacionais e muitas coleções completas, tudo graças ao apoio de vocês leitores. Espero um dia estar com todas as coleções completas disponíveis gratuitamente no blog. Quem dera eu tivesse acesso a todo esse material quando iniciei na eletrônica lá pelos anos de 1992/93, eu poderia ter começado mais cedo.

Para comemorar esse aniversário eu antecipo para vocês um link que me enviaram com milhares de revistas, não só de eletrônica, mas uma infinidade de outras revistas, todas estrangeiras, espero que gostem do conteúdo do link, está em ordem alfabética.

Eu ainda pretendo adicionar essas pastas de revistas de eletrônica aos poucos no blog junto com as revistas das listas.

Para finalizar, quero deixar aqui meus sinceros agradecimentos a todos que direta ou indiretamente, contribuíram com o blog de alguma forma e ajudaram o blog a chegar onde chegou, eu não teria conseguido isso sozinho, muito obrigado a todos.

Revistas


domingo, 10 de março de 2019

Antena loop de quadro portátil de 1m para OM




Uma antena poderosa para o radioescuta usar em OM. Essa é uma antena loop que montei baseado nesse vídeo e que por ser bem fácil de montar e desmontar, facilita muito o transporte da antena e minha mãe até fez uma bolsa com jeans para que eu possa carregar a antena, a única coisa que ainda não fiz é um tripé de pvc para usar na antena e que seja possível carregar na bolsa.

Essa antena é muito fácil de fazer, usa apenas tubos e conexões de pvc de 3/4 de polegada, uma medida bastante comum de se achar nos depósitos de materiais de construção.

Os materiais que usei para fazer essa antena são:

4 pedaços de tubo de 70 cm
4 pedaços de tubo de 8 cm
3 cotovelos
3 caps
1 cruzeta
1 T

25 a 30m de fio cabinho fino [diâmetro externo de 3mm]
1 capacitor variável de plástico com quatro seções
1 tubo de cola para pvc

Montagem

A montagem da antena é bem simples, após cortar os pedaços, lixar as pontas que vão ser coladas é primeiro é feito a montagem sem colar para acertar o quadrado corretamente, depois disso é feita a colagem de um pedaço de 70 cm na cruzeta e no T. Esse T é usado para sustentar a antena no tripé e para colocar o cap. variável.

A antena nada mais é que um circuito LC sintonizado, isso é, uma bobina ligada em paralelo com um capacitor, para quem tem dificuldades em fazer a ligação do cap. variável, nesse vídeo eu mostro como fazer a ligação, as seções do cap. variável são ligadas em paralelo e para quem tiver como medir a capacitância, pode ajustar os trimmers que fica na parte de trás do cap. variável para cobrir a maior faixa possível.

Eu acabei usando uma luva para poder desencaixar o cap. variável, por dentro coloquei um conector, na imagem abaixo você pode ver o resultado. Não coloquei a luva na lista porque isso vai depender de como você vão desejar fazer com a ligação do variável e do tipo do variável pois se usar um de metal será necessário outra forma de adaptar e fixar na antena.




Repare que eu fiz uns furos a mais no pedaço do tubo onde vai a bobina por não saber ao certo quantas espiras seria necessário para cobrir toda a faixa com o cap. variável que tinha. Nessa ponta onde vai o cap. variável é onde fica o início e fim da bobina, eu fiz nessa ponta de baixo, mas quem for montar pode fazer em qualquer uma das quatro pontas.

Na imagem abaixo é mostrado quais partes são coladas e quais são soltas, eu fiz um corte na ponta tubo para poder encaixar as partes com mais facilidade, mas atenção aqui, não deve ser feito muitos cortes porque se não, o tubo não fica firme.


A bobina é composta de seis espiras de fio, passe o fio primeiro sem se preocupar se está esticado, depois que você passou todas as espiras, estique os fios com cuidado e cole usando a cola de pvc. Eu usei a ponta de um palito de dentes para travar os fios conforme fui esticando. Não é necessário esticar muito. Deixe a cola secar bem, pelo menos um dia secando.

Eu passei cola por fora e por dentro nos fios para colar bem.

Na imagem abaixo tem o detalhe do fio colado e o corte no tubo que falei para facilitar o encaixe e desencaixe da antena.


Os caps eu não colei, só encaixei para dar o acabamento.

Só para questão de comparação, os valores da bobina e do cap. variável ficou em:

Bobina: 137uH
Cap. variável: 4 a 670pF

A faixa de trabalho da antena ficou de 500kHz a 1710kHz

Como é uma antena direcional, a base dela não pode ser colada no tripé, deve ser solta para poder girar.

Abaixo alguns vídeos de exemplos de escuta feita com essa antena. Eu fiz os vídeos de dia para mostrar o ganho da antena.

Esse foi o vídeo mais recente que fiz dessa antena, é a Rádio Gaúcha que com a antena chega com sinal local, a emissora fica a uma distância de aproximadamente 830km de onde fiz o vídeo, o horário local está no display do rádio.





Nesse próximo vídeo foi o mais cedo que consegui escutar uma emissora Argentina na x-band, a qualidade não está muito boa porque nessa época eu não tinha uma câmera descente então fazia os vídeos com meu celular.





Nesse outro vídeo a Rádio Rubi chegando bem às 17:30hs aprox.




Revistas do blog

Quero avisar a todos os leitores do blog que eu já arrumei a maioria dos links das revistas, ficou faltando algumas revistas que eu vou fazer um post só para elas para ficar igual aos outros posts, agora vou começar a arrumar os links dos livros postados.

Nesse problema que tive com as revistas eu acabei perdendo alguns números que eu recebi para postar no blog e que não fiz uma cópia para mim, por isso venho pedir a vocês leitores, ajuda para reaver esses números para colocar no blog novamente.

Quem tiver algum desses números pode me enviar pelo e-mail - luiz.picco@gmail.com - ou colocar os links para download nos comentários.

Segue a lista de edições que ficou faltando:

Eléctron - 03, 28, 39, 60, 63 e 64
Eletrônica - 32
Eletrônica para Todos [Antiga] - 07
Eletrônica Prática - 03, 04 e 06
Eletrônica Total - 95, 115, 122, 123, 125, 126, 127, 132 e 135 [Fora de série 02 e 04]
Informática Eletrônica Digital - 13 e 14
Instituto Universal Brasileiro - 13, 55 e 63
Monitor de Rádio e TV - 332
Mundo Eletrônico - Edição Som
Rádio e Eletrônica - 03 e 06
Saber Eletrônica Fora de Série - 09, 14, 18 e 25

quarta-feira, 27 de fevereiro de 2019

BFO para ouvir SSB em receptores comuns

Trago aqui um esquema bem simples de oscilador que pode ser usado como BFO nos receptores comuns para a escuta de SSB.

O circuito é bem simples e usa um ressonador cerâmico de 455kHz de dois terminais, o ressonador de três terminais não funciona nesse circuito. O ressonador de dois terminais é facilmente encontrado em controles de TV.


O trimpot na saída é para ajustar o nível de sinal, como a intensidade do sinal é um pouco alta, o CAG do receptor pode deixar o som do rádio muito baixo.

O transistor pode ser qualquer equivalente a esse como os famosos BC547, os capacitores de 1,2n do divisor capacitivo e de 47p devem ser do tipo NP0 para não variar a frequência com a temperatura.

O acoplamento no receptor pode ser feito enrolando duas ou três voltas de fio na base do último transistor da FI e ligado na saída do BFO, o acoplamento é capacitivo, isso é, o fio da saída do BFO não vai ligado ao circuito do receptor, é só aproximado da última etapa de FI.

Quem for montar, se achar que é necessário pode adicionar mais um capacitor cerâmico na saída de uns 100pF. A alimentação pode ser feita por pilha pois o consumo é muito baixo. Eu fiz algumas medições de consumo em diferentes tensões de alimentação e os resultados são esses:

12V - 8,4mA
9V - 6mA
6V - 4mA
5V - 3,3mA
3V - 2mA
1,5V - 0,8mA


domingo, 10 de fevereiro de 2019

Revista Aprenda e Repare Eletricidade



Mais uma revista pouco conhecida, editada na década de 1980 pela editora Fittipaldi tinha como objetivo levar ao público iniciante o conhecimento de eletricidade, como editor chefe estava o conhecido Newton C. Braga que usava o pseudônimo de J. Martin.

Pouco se sabe quantos números foram publicados.


01 02 03 04 05 06 07 08 09 10


quinta-feira, 7 de fevereiro de 2019

Grandes projetos de amplificadores

Para quem gosta de áudio, segue um livro com alguns projetos de amplificadores, prés, etc.

Revistas

Tem muita gente deixando comentários sobre os links quebrados das revistas, quero avisar a todos que estou arrumando os links, tenham um pouco de paciência pois minha conexão é de 1Mb somente, apesar de estar upando rápido a maioria dos arquivos por ter os mesmos arquivos salvo em outras contas, mesmo assim vai demorar um pouco para arrumar todos.

Estou arrumando os links das revistas primeiro e assim que finalizar, vou arrumar os outros links.