domingo, 23 de março de 2014

Mais um ano

Como o tempo passa rápido, nem acredito que já faz cinco anos que o blog está no ar, está meio capenga, mas estamos aí e hoje trago uma contribuição do leitor Edson Figueiredo de Goiânia que já contribuiu com revistas Nova Eletrônica, é o suplemento que saiu na Nova Eletrônica sobre Telefonia Básica que é possível baixar aqui ou através do link da pasta na lista de revistas.

Também tem novas contribuições do Roberto de Porto Alegre que sempre acompanhou e está junto comigo no trabalho de digitalização a muito tempo, sempre trazendo novas edições, desta vez são edições das revistas Eletrônica Total e Saber Eletrônica, já está na pasta para quem quiser adicionar na sua coleção.

Agradeço aos dois leitores pelas contribuições e agradeço também aos leitores que estão acompanhando o blog mesmo nesses tempos de vacas magras.

segunda-feira, 3 de março de 2014

Estação de solda

Depois de concluir minha bancada eu preciso montar os equipamentos que vou precisar para usar nos testes e a estação de solda é o principal.
Não tem nada de novidade, é um simples controlador de potência com dois filtros, o esquema do controle que usei está na revista Nova Eletrônica núm. 08 e os filtros foram tirados de sucata.


Esquema

Como não sou acostumado a usar aplicativos para simular e/ou desenhar esquemas eletrônicos eu digitalizei meu rascunho. Os capacitores devem ter uma tensão mínima de 250V se caso não for aproveitado da sucata.

A caixa que usei é de um estabilizador de tensão e ficou perfeita, só falta colocar um suporte para o ferro. Isso já está sendo providenciado, arrumei um arame bem grosso pra fazer o suporte e já deixei um parafuso em baixo da caixa pronto para fixar.

O resultado ficou assim:


Usei o único knob que tinha que combinava com a cor do painel.





Eu deixei a tomada de tel. e os dois porta-fusíveis pra tampar os buracos. O teste final é só ligar uma lâmpada pra ver se está atuando o controle e ver se o sentido do potenciômetro está certo.

Bancada

Minha bancada ficou assim, já coloquei a borracha e fiz uma régua pras tomadas do pc, falta fazer a iluminação e uma régua com as tomadas auxiliares.



sábado, 1 de março de 2014

Antena de Ferrite para OM de 1 polegada - Conclusão

Essa é a aparência final depois de colocar o termo retrátil.



Eu achei um capacitor variável menor do que esse que usei, também achei algumas barras de ferrite maiores então pensei porque não refazer a antena.

O capacitor variável que achei cabe perfeitamente dentro do tubo, ele entra com um pouco de pressão, não precisa nem colar, mas não deu certo, depois de confeccionar a bobina eu medi a indutância que ficou bem maior que a outra, mesmo assim resolvi testar. A faixa ficou deslocada para a faixa de OL, então fui retirando espiras até que a antena atuasse em 1710kHz, foi aí que percebi que não ia cobrir a faixa toda, chegou um momento em que a antena ainda não atuava em 1400kHz e tendo como limite inferior 560kHz. Como o valor mín. do capacitor variável ficou bem alto, eu acabei desistindo da idéia. Eu poderia tentar combinações com as secções também, mas como eu estava fazendo outras coisas resolvi deixar isso pra depois.

Fiz um vídeo mostrando a diferença de sinal, o tempo não estava muito favorável e pra ajudar uma tempestade com muitos raios estava próxima, tive sorte de ter pouca oscilação no sinal.